O Ser Sagrado é aquele que se trabalha a ponto de fundir a sua pequena vida à Grande Vida.




O homem que acessa seu feminino, encontra a completude. A mulher que reconhece o masculino em seu próprio interior, permite desabrochar a totalidade.


Yuganaddha é uma palavra utilizada no Tantra para descrever o Encontro Sagrado entre o Homem e a Mulher dentro de cada um de nós. A união entre a força idealizadora (Yang, Masculina) e a Concretizadora (Yin, Feminina).


O Ser Sagrado é aquele que se trabalha a ponto de fundir a sua pequena vida à Grande Vida. Que se torna um microcosmo do Grande Cosmo. Sem reprimir o feminino, nem o masculino, o Ser Total encontra sua força na oposição complementar entre essas duas forças.


Para Jung, todo homem e toda mulher têm, de maneira inconsciente, a polaridade oposta dentro de sua psique. Animus é o princípio masculino inconsciente de uma mulher. E Anima é o lado feminino inconsciente de um homem.


O Ser Comum, aquele que não busca sua evolução, vive uma constante luta entre o feminino e o masculino que o habitam. Há uma ruptura, uma dissociação. Elege-se um em detrimento do outro. Cria-se uma preferência. E enquanto existir dualidade, o Sagrado não pode ser acessado.


Homem, abra as portas de sua alma para o feminino que te habita. Mulher, abra o seu coração para o masculino dentro de ti. Permita que estas potências se aproximem, no centro do seu coração, e transbordem em êxtase. Deixe que desta fusão floresça sua Máxima Potência.


É a isto que os taoístas chamam de Tao: não o homem, nem a mulher, mas a fusão perfeita entre os sagrados princípios Masculino e Feminino da Criação.


(Samadhi)

.

Siga:


@paidosgatos

@samadhi.autoconhecimento

@gatinhozen

.

.

.

#maithuna#sexotântrico#sexotantrico#terapiacorporal#massagem#massagempraiana#conscienciacorporal#massagemsensorial#sensitivemassage#arraialdajuda#paidosgatos#portoseguro#projetogatinhozen#tantra#consciênciacorporal#massagemtantrica#jung#carljung#yin#yang#yinyang

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo